CSBC 2015 comemora o alto nível de participação

Congresso apresentou um aumento na quantidade de inscritos e foi marcado por discussões de alto nível e participação de grandes empresas

30 de Julho de 2015

O 35º Congresso da Sociedade Brasileira de Computação (CSBC 2015) chegou ao fim com um sentimento de “quero mais”. Foram quatro dias de muitas discussões, cursos, workshops, debates e encontros que, em grande parte, irão nortear a Computação brasileira ao longo do próximo ano. O evento aconteceu no Centro de Convenções de Pernambuco, entre os dias 20 e 23 de julho, e foi organizado pelo Centro de Informática da Universidade Federal de Pernambuco (CIn/UFPE).

Na opinião do coordenador geral do CSBC 2015, prof. Sérgio Soares, o CSBC 2015 apresentou uma evolução em relação ao evento do ano passado, realizado em Brasília (DF). Um dos avanços foi na quantidade de pessoas inscritas (1.510 participantes, um aumento de cerca de 20% em comparação com 2014).  A qualidade das discussões também agradou ao coordenador.

“Tivemos um ótimo nível acadêmico. Alguns projetos apresentados são de alto padrão e podem ser inscritos em qualquer congresso nacional ou internacional”, comemora Sérgio Soares. Segundo ele, outro ponto positivo foi a presença de grandes empresas ligadas à Computação, não só patrocinando o evento, mas participando dos debates. “A SBC está estreitando relações com o mercado e a participação de grandes empresas no Congresso mostra esse caminho”.

Outra iniciativa destacada por Sérgio foi o “Pré-CSBC”, eventos menores com o mesmo tema do Congresso realizados em universidades e em locais de grande concentração de profissionais de Computação com o objetivo de divulgar o CSBC 2015.  “O primeiro Pré-CSBC foi em março, no próprio Centro de Informática da UFPE. Depois estendemos as discussões para outros locais, e a receptividade sempre foi muito boa”, recorda-se o coordenador.

Um dos participantes mais procurados por alunos, docentes e profissionais do CSBC 2015 foi o professor e pesquisador Silvio Meira. À frente da presidência do Conselho do Porto Digital, ele foi presença constante nos principais painéis e discussões promovidos pelo Congresso, seja como mediador, debatedor ou simplesmente como participante.

“Considero o CSBC 2015 um sucesso absoluto. Foi um encontro focado, participativo, com auditórios lotados. Senti uma grande energia e aposto que teremos desdobramentos do que foi discutido aqui ao longo dos próximos meses”, declarou Silvio Meira.

SBC – Um dos eventos realizados durante o Congresso foi a Assembleia da SBC, ocasião em que o prof. Paulo Cunha (UFPE) oficialmente passou a presidência da entidade para o prof. Lisandro Granville (UFRGS). Na opinião do novo dirigente, o CSBC 2015 construiu uma relação muito interessante entre a parte acadêmica da Computação e a indústria de tecnologia, pois inseriu, de forma muito interessante, as empresas nas discussões que envolvem pesquisa e inovação capitaneadas pelas universidades.

Além disso, o novo presidente da SBC comemora o fato de que os participantes ligados a outras comunidades científicas perceberem a importância de se unirem em prol do fortalecimento da Computação. “Ficou muito evidente que é a união das diversas sociedades científicas a saída para aumentar o volume de investimentos da Computação. Todos podem se beneficiar dessa troca”, afirma Lisandro.

Agora é aguardar o CSBC 2016, de 04 a 07 de julho, em Porto Alegre. A organização será da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Realização

Patrocínio

Diamante

Platina

Ouro

Prata

Bronze

Apoio

Desenvolvido por: